Revendo a sensibilidade de “O Palhaço”

Interessado por uma homenagem à filmografia de Paulo José no Canal Brasil, revi “O Palhaço”. Lembro do trabalho ter me cativado logo que assisti à estreia no cinema. Mas agora, de forma mais distanciada, pude sacar o grande filme que Selton Mello construiu – pra mim, um dos melhores nacionais dessa década. Apesar das claras referências a longas do gênero, como “La Strada”, de Fellini, é um olhar original e de grande beleza de fotografia, com luz quase sempre natural, naqueles momentos mágicos do amanhecer e entardecer. Assim como em “O Cheiro do Ralo”, cada cena parece ser um sketch, com roteiro, humor e cenário próprios, quase isolados (prisão e discurso do delegado, conversa com prostituta, mecânico). O nonsense sempre dá as caras, como nas viagens em torno do desejo do personagem central ter um ventilador.

O Palhaço

Mas além das paisagens e sotaque saborosamente sulmineiros, o que realmente me cativou foi a proposta de fé no sentimento e humor simples, puro, com cenas de forte impacto visual a serviço de um afeto que chega a dar nó na garganta – o cinema brasileiro é bom nisso, mas geralmente a serviço de revelar os desencontros. Num desfile de atores de alto calibre em personagens cuidadosamente tecidos para evocar o humor preciso que já irradia de suas personalidades – Telda Bara, Tonico Ferreira, Moacir Franco -, considero marcante o momento em que o personagem redescobre que sua vida tem como alimento a risada alheia logo num momento banal, em que “Zé Bonitinho” conta piadas simples num jantar, mas despertando riso frouxo nos presentes, e quando, na carroceria de um caminhão, faz graça para uma retirante e resgata seu tino. Na cena final, aparece o gênio do diretor no travelling em que a menina, após sua estreia no circo, percorre esse espaço de afeto, dor e magia, revelando a alma de cada um que o constrói.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s