Concertos no Parque com Nana Caymmi e Wagner Tiso

 

Divulgação Nana Caymmi e Wagner Tiso são convidados da edição especial do projeto Concertos no Parque. Uma das maiores cantoras do País se apresenta ao lado da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, sob regência do maestro Roberto Tibiriçá e com o acompanhamento de Wagner Tiso ao piano. O concerto acontece dia 8 de maio, às 10h e a entrada é franca.

No programa, com orquestração de Wagner Tiso, o público poderá conferir obras como Medo de amar, Se queres saber, Resposta ao tempo, Só louco e Se todos fossem iguais a você.

Dona de uma voz única herdada do pai, Dorival Caymmi, Nana é considerada um ícone da Música Popular Brasileira. O canto de Nana caracteriza-se por uma suavidade e sentimentalismo que conquistaram um espaço cativo junto ao público e à crítica. Aos 70 anos de idade, a cantora consegue fazer com que simples interpretações soem como poesias, e sua voz já deu vida a obras de nomes como Tom Jobim, Toninho Horta, Vinícius de Moraes, Dori Caymmi e outros compositores.


Apesar de Nana Caymmi estar um pouco recolhida dos palcos e das grandes multidões, os olhares sempre se voltam para ela. Atualmente, além de estar presente na trilha sonora da novela Insensato Coração, o filme Nana Caymmi em Rio Sonata, produzido por Georges Gachot, está em cartaz em algumas salas de cinema da capital fluminense.
 

Wagner Tiso
Nascido em Três Pontas, Sul de Minas Gerais, Wagner Tiso é um dos mais importantes músicos da cena mineira e nacional. Compositor, instrumentista e arranjador, ele começou a carreira muito jovem, integrando com Milton Nascimento o conjunto Luar de Prata, e, em seguida, os W’s Boys, que tinha Milton como crooner. Wagner Tiso é um dos mais requisitados arranjadores do País, e uma de suas mais festejadas atividades é a composição para cinema, teatro e televisão, com vários prêmios nos principais festivais de cinema no Brasil.


Programa:

WAGNER TISO – Sete Tempos (5′)
– A Lenda do Boto (7′)
– Mineiro-Pau (8′)
– Olinda Guanabara (7′)
– Chorava (7′)
– Choro de Mãe (5′)
– Frevo (4′)

PETER PAN – Se queres saber (4′)

VINICIUS DE MORAES – Medo de amar (5′)

DORIVAL CAYMMI – Só louco (4′)

TOM JOBIM & DOLORES DURAN – Por causa de você (4′)

TOM JOBIM & VINÍCIUS DE MORAES – Eu sei que vou te amar (10′)

CRISTÓVÃO BASTOS – Resposta ao tempo (5′)

Orquestra Sinfônica de Minas Gerais

Um dos três corpos artísticos mantidos pela Fundação Clóvis Salgado, a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais foi criada em setembro de 1976. Entre os regentes titulares de sua história figuram nomes como Wolfang Groth, Emilio De César, Sérgio Magnani, Carlos Alberto Pinto da Fonseca, Aylton Escobar, David Machado, Afrânio Lacerda, Holger Kolodziej, Marcelo Ramos e Charles Roussin. Também regeram o grupo personalidades como Eleazar de Carvalho, Isaac Karabtchevsky, Cláudio Santoro, Camargo Guarnieri, Benito Juarez, Roberto Duarte, Carlos Prates, Roberto Schnorremberg, Johannes Homberg e outros convidados.

A OSMG diversificou sua atuação em óperas, balés, concertos, apresentações ao ar livre, na capital e no interior, executando um repertório que abrange todos os períodos da música sinfônica, do barroco ao contemporâneo. O maestro Charles Roussin é o atual regente residente e Roberto Tibiriçá o regente titular, eleito pela Associação Paulista dos Críticos de Arte como o melhor maestro de 2010.

Serviço
Evento: Concertos no Parque
Data: 08 de maio
Horário: 10h
Local: Parque Municipal Renné Gianetti
Entrada franca
Classificação etária: livre
Informações: (31) 3236-7400

Anúncios

Blog no WordPress.com.

Acima ↑